História

 

Elevada a freguesia independente em 1572, embora somente se conheçam registos paroquiais desde 1583, tendo como orago S. Bento. Foi a pedido de Jacóme de Bruges e Infante D. Henrique que aportaram à ilha Terceira em 1456, Álvaro Vaz de Meneses que recebeu os campos entre a Grota do Vale e o Porto Pipas e Gonçalo Ximenes Betencór e esposa, oriundos da Madeira, estabeleceram-se em Vale de Linhares, que recebeu este nome pelo facto de ambos, para não serem conhecidos, terem adoptado os apelidos de Gonçalo de Linhares e Violante Pires. A partir deste apelido Linhares, o lugar onde residiram passou a chamar-se de Vale de Linhares, como ainda hoje é conhecido.

Ainda não há muitos anos era pouco desenvolvido, mas actualmente oferece um agradável e interessante aspecto pelo melhoramento que as habitações receberam pela construção de novos edificios. Além disto, possui uma boa estrada há pouco reconstruída e ampliada. Gonçalo Ximenes, por cedência de Jacóme de Bruges, segundo dizem os nossos historiadores, tomou posse desde a Grota do Vale até ao Pico Redondo, estabelecendo-se nesta zona por volta de 1460. O povoamento da Achada (actual Via Rápida) deu-se nos terrenos do Visconde de Bruges, que mandou construir casas onde viveram os primeiros colonos, começando-se a trabalhar os campos. A povoação cresce chegando a ter cerca de 30 habitantes que construíram a igreja de S. Teotónio, aberta ao culto em 5 de Novembro de 1843. Sobre esta nova povoação o Padre Jerónimo Emiliano de Andrade disse: “O campo das Achadas forma um imenso vale, cheio de campinas novamente roteadas, no qual se está formando uma nova povoação, que em breve virá a ser mui populosa e brilhante”. Com o passar do tempo e clima adverso, deu-se a desertificação do local, as moradias e a igreja ficaram em ruínas e a imagem de S. Teotónio foi levada para a igreja do Posto Santo. Ainda hoje se pode encontrar as fundações da igreja de S. Teotónio.

No planalto da Achada, foi improvisada a primeira pista de aviação da ilha Terceira, construída pelos ingleses no início da década de 40 (1940-1943).